quinta-feira, 14 de maio de 2009

30 Dias de Noite

30 Dias de Noite
(30 Days of Night, 2007)


Direção: David Slade
Gênero: Terror/Suspense
Duração: 113 minutos
Elenco: Josh Hartnett, Melissa George, Ben Foster, Danny Huston, Jon Bennett, Mark Boone Junior.



Sinopse:

Na pequena cidade de Barrow, no Alasca, o sol não aparece durante 30 dias no inverno. Da escuridão e das terras geladas da inóspita região surge uma força do mal que espalha terror entre os habitantes do lugar. A única esperança de salvação dos moradores de Barrow é um casal de policiais. Porém, esses heróis estão divididos entre proteger as próprias vidas ou ajudar a cidade a sobreviver até o retorno da luz do sol.

Análise:

A história deste filme é interessante e apropriada para um filme de terror. A ideia de a trama se passar em uma cidade abandonada, que fica praticamente esquecida por Deus durante trinta dias de inverno é assustadora. E mais que isso, um ambiente perfeito para que algo dê errado durante este tempo, construindo uma história perfeita para um filme do gênero.
O problema de tudo isso é que o diretor e o roteirista se perderam um pouco durante o andamento do longa, e o transformaram em um simples filme de vampiros carniceiros, matando qualquer um que apareça na frente sem pensar duas vezes.
Já que eu toquei nesse assunto, os vilões do filme, uns homens-animais que falam uma língua milenar e comem qualquer pessoa que vêem, não são definidamente vampiros. Em nenhuma parte do filme fala exatamente o que são eles, mas, apesar de morderem pescoço e espalharem sangue por toda parte, não têm muitas semelhanças com vampiros. Sendo assim, os vilões são uma incógnita sedenta por sangue.
Bom, basicamente o filme é contado através de um grupo de pessoas que tenta chegar até o túnel de uma usina de petróleo, onde vão se esconder e ficar até o sol voltar, mas não é tão simples assim.
Durante este tempo, muitas pessoas morrem, muitas incógnitas (os vilões homens-animais carniceiros e sanguinários) também morrem, e alguns complementos da história aparecem. Entretanto, tudo isso pra chegar na tal usina.
Infelizmente o filme não consegue imprimir um ritmo legal de suspense, nem deixar o expectador tenso, por isso não é tão bom quanto o roteiro permitiria.
O final tenta ser diferente e dar uma injeção de adrenalina em quem assiste, mas também não obtém muito sucesso, e o filme se mantém morno durante todo o tempo.
Resumindo, a idéia de "30 Dias de Noite" é bastante interessante e original, mas a sequência do filme o deixa meio previsível e fraco. Até faz lembrar um pouco os filmes de terror que passam no corujão de vez em quando.


Nota: 6,5

Um comentário:

  1. Felipe Discacciati14 de maio de 2009 16:38

    Grande Renan... não gostei muito desse filme, achei um pouco dark demais. Como você mesmo disse, a idéia é boa, mas com o desenrolar vai perdendo a graça!!!

    Um abraço!!

    ResponderExcluir